Secti faz doação de 10 kits de informática para o CVT de Palmares

6 junho 2019
210 Views
Comments are off for this post

Ação irá atender mulheres do município com aulas de informática básica

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), fez a entrega de dez kits de computadores e dez bancadas para a criação da sala de informática da Secretaria da Mulher, em Palmares, Zona da Mata Sul. A iniciativa, que funcionará dentro do Centro Vocacional Tecnológico (CVT) da cidade, irá beneficiar mulheres que moram na cidade com o curso de informática básica.

O CVT, implantado pela Secti, atende mulheres nos cursos de corte e costura e artesanato. Desde 2018, quando voltou a funcionar, depois de ter passado um período fechado, o CVT já formou mais de 60 mulheres que, atualmente, já trabalham na área.

“O Centro Vocacional Tecnológico é uma iniciativa da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, por meio de uma emenda parlamentar da então deputada federal, Ana Arraes, em 2013. Como o de Palmares criamos, na época, um total de 20 unidades que foram entregues aos municípios e atendem a população de acordo com a demanda local da cidade. Nos outros municípios, trabalhamos desde a agricultura irrigada, a fabricação de doces e laticínios”, explicou o gerente de Projetos Especiais da Secti, Joseênio Brandão.

O Diretor de Articulação Institucional da Secti, João Victor Santos, que esteve representando o secretário Aluísio Lessa, destacou que ações desse tipo geram a oportunidade de um ofício e, consequentemente, emprego e renda. “Viemos reafirmar nosso compromisso com o povo da Mata Sul. Eduardo Campos, quando assumiu o estado teve a preocupação de desenvolver um Pernambuco mais igual para todos. Um Pernambuco que atendesse o cidadão de Palmares da mesma forma que atendia o de Recife”, disse João, ao destacar que, hoje, está feliz em acompanhar e vê que a política pública implantada anteriormente hoje, de fato, funciona e mostra resultados.

“Aqui em Palmares, ficamos felizes em vê uma política pública voltada para a valorização das mulheres. No país ainda vemos muita desigualdade. São mulheres que dividem o mesmo espaço de trabalho com os homens, desenvolvem a mesma função, mas recebem salários bem mais baixos”, disse João, ao destacar que Palmares sai na frente por ter uma gestão que prioriza suas ações transformando elas em instrumento para a construção da cidadania.