Secretário participa de lançamento do núcleo de Pernambuco da ONG Anjos do Brasil

11 março 2019
104 Views
Comments are off for this post

A ONG Anjos do Brasil, que fomenta o investimento anjo voltado para a inovação, realizou, na manhã desta segunda-feira (11.03), o lançamento do seu núcleo regional em Pernambuco.  A organização sem fins lucrativos conta atualmente com uma rede que oferece suporte a 20 startups. O evento, ocorrido no Porto Digital, contou com a presença do secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco, Aluísio Lessa.

A expectativa é atrair mais de 30 investidores anjos até o final do ano para Pernambuco. O número foi divulgado pelo líder regional do Núcleo PE, Yves Nogueira, que promete ir mais além: “Vamos dobrar a meta! O Porto Digital é um celeiro de startups e iremos estimular a união entre os empreendedores e os investidores”, destacou.

Dentre as startups que já contam com o incentivo da ONG está a pernambucana Kokku, que é especializada em desenvolvimento externo e produziu a maioria das artes do game para Playstation 4 “Horizon”, um dos mais vendidos no mundo em 2017. A Kokku foi a primeira companhia brasileira a produzir conteúdo 3D para um jogo de primeira linha do PS4.

O investimento anjo consiste no suporte financeiro ao empreendedor no início de sua trajetória. O investidor impulsiona uma ideia ou produto e é reembolsado quando a iniciativa obtém lucro. Há diversos exemplos de sucesso nessa modalidade.

A diretora executiva da Anjos do Brasil, Maria Rita, falou da importância de incentivar as startups e destacou a participação do Porto Digital no processo: “Só é possível conseguir inovar quando a gente está junto. É muito bacana ver pessoas que a gente viu no início consolidadas. O Porto Digital é referência no ecossistema de inovação e é o local ideal para desenvolver as startups”, disse.

Aluísio Lessa elogiou a ação e comentou sobre a necessidade de cooperação entre os setores, uma das bandeiras do Governo de Pernambuco: “É muito importante essa ponte e a interação entre o público e o privado. Estamos fazendo essa aproximação no Governo. Todas as secretarias estão integradas em favor do desenvolvimento do Estado. Toda ação que vise expandir a ciência, a tecnologia e a inovação e gere benefícios para a economia de Pernambuco conta com o nosso apoio”, declarou.