MINISTRO DA DEFESA VISITA PORTO DIGITAL E DEFENDE AMPLIAÇÃO DA PARCERIA

22 agosto 2019
83 Views
Comments are off for this post

O Porto Digital recebeu, nesta quarta-feira (21), o ministro da Defesa, general do Exército Fernando Azevedo e Silva, para uma visita institucional ao parque tecnológico e conhecer ações de fomento ao empreendedorismo, instalações de ponta disponíveis para pesquisa e desenvolvimento e empresas de alto potencial na construção de soluções inovadoras para diversas áreas. Também participou do evento o secretário Nacional de Segurança Pública, general Teophilo.

Imagem de Ministro da Defesa visita Porto Digital e defende ampliação da parceria
A agenda conjunta apresentou iniciativas do Porto Digital como o Open Innovation Lab (OIL) – programa que identifica necessidades de soluções tecnológicas em grandes empresas e conecta com as capacidades de resolução de problemas do ecossistema de inovação expandido do parque tecnológico. Atualmente, o Ministério Público de Pernambuco está com um ciclo de inovação aberta no Porto Digital.

Além do OIL, os generais ainda assistiram a pitches de empresas do parque. “Nesse encontro, mostramos empresas que estão ainda no começo, como a Pickcells, que trabalha com visão computacional na área de saúde, quanto o trabalho com inteligência artificial da Neurotech, segurança digital da Tempest e, claro, o nosso maior centro de inovação, o CESAR. Temos um conjunto de companhias que podem cooperar com os novos desafios que estamos passando na segurança”, informou o presidente do Porto Digital, Pierre Lucena.

“Hoje já temos o Comando de Defesa Cibernética e, no próximo ano, teremos a Escola Nacional de Segurança Cibernética, que ambos contam com parceria do Porto Digital. Para além disso, acabei de conhecer aqui uma solução de exames de laboratório que poderão ser feitas pelo celular, que seria um grande avanço para médicos militares”, contou o ministro da Defesa.

Para o secretário Nacional de Segurança Pública, a visita está dentro do projeto estratégico do Ministério da Justiça e Segurança Pública de incentivar a pesquisa tecnológica. “Muita coisa que está sendo feita na pasta pode contar com parcerias de startups do Porto Digital para que tenhamos um prolongamento na manutenção e entrega de softwares. O que eu vi hoje tem muito potencial. Várias empresas apresentaram soluções que, muitas vezes, procuramos no exterior e encontramos aqui em Pernambuco”, mencionou o general Teophilo.

Sobre o Porto Digital

O Porto Digital é um dos principais parques tecnológicos e ambientes de inovação do Brasil e é um dos representantes da nova economia do Estado de Pernambuco. Instalado na área central do Recife, sua atuação se dá nos eixos de produção de software e serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), Economia Criativa, além do foco no futuro das cidades por meio de prototipação com base em fabricação digital e internet das coisas (IoT).

Atualmente, o Porto Digital abriga mais de 300 empresas, organizações de fomento e órgãos de Governo, com 9 mil profissionais e 800 empreendedores. Esses empreendimentos geram um faturamento anual de mais de R$ 1,7 bilhão.