Em Seminário da AMUPE, Aluísio Lessa destaca ações do Governo voltadas para a interiorização da Ciência, Tecnologia e Inovação em Pernambuco

9 julho 2019
52 Views
Comments are off for this post

Em sua fala no painel “Inovações Tecnológicas e Mídias Sociais como Ferramentas de Comunicação”, do Seminário dos Municípios Pernambucanos, promovido pela Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE), o Secretário Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa, destacou como o Estado tem auxiliado os municípios para eles se inserirem no atual cenário de Inovação. Lessa enumerou as ações promovidas pelo Governo de Pernambuco nas gestões de Eduardo Campos e Paulo Câmara, exaltou o potencial do Ecossistema de Inovaçãoa e destacou como o Marco Legal está sendo redigido de maneira democrática, de maneira que alcance todas as regiões do Estado.

O gestor da SECTI destacou as ações voltadas para a interiorização da Universidade de Pernambuco (UPE), Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (FACEPE) da Rede Pernambucana de Ensino e Pesquisa (REPEPE) e do Espaço Ciência, que são vinculados à pasta. “Nos governos de Eduardo Campos e Paulo Câmara, promovemos a interiorização do ensino superior, com a UPE presente em todas as regiões e a implementação da REPEPE, que oferece internet da mais alta qualidade para as instituições de ensino de todo o estado. Fomentadora, a FACEPE está cada vez mais concedendo bolsas a projetos a acadêmicos desenvolvidos no interior de Pernambuco Além disso, o Espaço Ciência, que é um museu de conteúdo científico de referência em todo o Brasil, leva conhecimento por todo o estado através do Ciência Móvel”, disse.

Aluísio salientou que o Ecossistema de Inovação de Pernambuco é referência mundial em Tecnologia da Informação e Comunicações e está preparando o terreno, no Parqtel, para se consolidar como a mesma ênfase na parte de hardware. O nosso Ecossistema tem firmada a a sua posição de destaque e estamos trabalhando para que ele siga se expandindo. Em parceria com o setor privado e as instituições de ensino superior, estamos buscando a capacitação profissional para mais pernambucanos. E faremos o mesmo com o Parqtel, que já se notabiliza em suas ações e tende a ser o polo do Nordeste da Indústria 4.0, afirmou.

Preparando a sanção do Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco, a SECTI formou um grupo de trabalho com diversas secretarias do Governo para a elaboração do texto definitivo. “Envolvemos todos os atores do Poder Público para o Marco Legal ser decretado. O processo está sendo feito de maneira democrática e adequado às demandas do nosso estado para beneficiar a todos os pernambucanos”, concluiu.