Decreto normatiza dedicação exclusiva na UPE

12 junho 2018
212 Views
Comments are off for this post

Celebrando 27 anos nesta terça-feira (12), a Universidade de Pernambuco (UPE) anunciou a normatização da dedicação exclusiva de professores. O decreto do governador Paulo Câmara, publicado no Diário Oficial, transforma a dedicação exclusiva do cargo de professor do grupo ocupacional magistério superior em regime de trabalho, regulamentando a Lei Complementar no 349, que trata do assunto.

A normatização determina que terão direito à opção pela dedicação exclusiva (DE) professores que atuam em regime de trabalho correspondentes a 40 horas semanais e desenvolvem atividades de pesquisa, extensão ou gestão na UPE ou em órgão da administração direta ao qual esteja vinculada, além de já receber a gratificação de DE há quatro anos ininterruptos. Acesse aqui a íntegra do documento.

Novos cursos – Ainda para marcar o aniversário, foi anunciada a criação de dois novos cursos de graduação, mantendo a política de estado de interiorizar a educação superior. O campus de Palmares, na Zona da Mata, oferecerá o curso de administração, com 50 vagas, e o de Garanhuns, no Agreste, o de engenharia de software, com 30 vagas.

Outra novidade é a ampliação de 20 vagas na Universidade para o próximo ano, totalizando 3.480. Metade das vagas é preenchida pelo Sistema Seriado de Avaliação (SSA), que terá as inscrições abertas na próxima semana, e outra metade pelo Sistema de Seleção Unificada (SISU), que utiliza as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).