• Secretário Aluísio Lessa visita o Espaço Ciência

    22 março 2019
    28 Views
    Comments are off for this post

    O secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa, realizou visita técnica ao Espaço Ciência na manhã desta sexta-feira (22.03). O gestor conheceu as ações desenvolvidas, conferiu a estrutura de funcionamento, e se reuniu com o responsável pelo museu, o professor Antônio Carlos Pavão.

    Com atividades voltadas, em sua maioria, para estudantes, que vão desde a educação infantil até o ensino médio, o Espaço Ciência leva conhecimento científico a cerca de 100 mil pessoas por ano. O museu é um dos cinco mais visitados do Nordeste. O visitante entra em contato com uma experiência imersiva em diversos campos da ciência que são aplicados no cotidiano.

    Ativo há 25 anos, o museu, além das atividades na estrutura física, promove feiras e exposições em shoppings e centros de ensino e realiza caravanas em diversas cidades, através do projeto Ciência Móvel. A sua atuação já rendeu uma série de premiações.

    Bastante satisfeito com a visita, o secretário Aluísio Lessa falou sobre a contribuição do Espaço Ciência: “Aqui se aprende ciência in loco. Os visitantes são submetidos a uma experiência única de como a ciência atua no dia a dia. E parte disso viaja por todo o estado por meio do Ciência Móvel. É um belo trabalho”, destacou.

    Leia Mais
  • Porto Digital e Inovabra assinam acordo em Pernambuco

    21 março 2019
    69 Views
    Comments are off for this post

    Parceria firmada na quarta-feira (20), contou com a participação do secretário de CT&I

    O Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa, participou da assinatura do termo de parceria entre o Porto Digital e o inovabra habitat – espaço de coinovação do Bradesco –  para fomento dos negócios entre as empresas residentes no espaço, em São Paulo, e o ecossistema de inovação do Recife. O acordo, que foi firmado no Teatro Apolo, 235, no Recife Antigo, é a primeira ação no sentido de expandir esse espaço de inovação do Bradesco para fora de São Paulo.

    “Queria falar da satisfação de fazer essa integração. Em um momento que acolhemos a vinda do Bradesco saindo de São Paulo para Pernambuco. Queria dizer que aqui é um lugar bom para se produzir e fazer bons negócios”, finalizou Lessa, ao destacar que os presentes contassem com o Governo de Pernambuco.

    “O Porto Digital é símbolo de excelência e maturidade no ambiente de tecnologia e vem se somar com o que o Bradesco já desenvolve hoje no eixo de tecnologia. Estamos rompendo fronteiras e a partir disso poderemos oferecer às empresas, as startups, gerando mercado e um bom ambiente de negócios”, disse Luca Cavalcanti, diretor executivo de canais digitais e inovação do Bradesco, ao destacar que, no universo digital, é preciso cada dia renovar e inovar.

    “A ação possibilita a chegada das nossas mais de 300 empresas em São Paulo de uma forma muito organizada, profissional e bem sucedida, abrindo mercado, possibilitando a troca entre essas corporações,  e permitindo que nossas empresas utilizem o espaço de lá para gerar negócios e fazer suas atividades também em São Paulo”, Falou Pierre Lucena, presidente do Porto Digital que, atualmente, conta com mais de 300 empresas, organizações de fomento e órgãos de Governo, com nove mil profissionais e 800 empreendedores localizados no Bairro central da capital pernambucana.

    Inovabra habitat – É um laboratório colaborativo que reúne 190 startups e 70 empresas em um prédio no centro econômico e cultural de São Paulo, cujo principal objetivo é acelerar o desenvolvimento de inovações do banco juntamente com parceiros de tecnologia. A partir do acordo, o Porto Digital pode indicar startups para atender as demandas de negócios das empresas habitantes e do próprio Bradesco.

     

    Leia Mais
  • Com aporte da SECTI, Campus do Agreste da UFPE inaugura Laboratório de Tecnologia Têxtil – Fios e Fibras

    20 março 2019
    53 Views
    Comments are off for this post

    O Agreste de Pernambuco vai ser beneficiado com uma ação impactante para o setor têxtil que contou com o apoio da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI). Na manhã desta quarta-feira (20.03), o Laboratório de Tecnologia Têxtil – Fios e Fibras do Campus Agreste da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) foi inaugurado.

    O laboratório contou com a doação de equipamentos no valor de R$ 530 mil do Governo do Estado, fruto do convênio entre a SECTI e Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). A cessão dos materiais ocorreu em 2018, na gestão de Lúcia Melo.

    O centro de pesquisa vai desenvolver análises avançadas em tecidos e fios, que poderão render produtos de tecnologia avançada, mais duráveis, resistentes e com baixo custo de produção. A universidade vai atuar como parceira das empresas com foco na demanda local.

    A iniciativa vai incentivar uma cadeia produtiva forte da economia. Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit), o setor têxtil de Pernambuco fatura aproximadamente R$ 5 bilhões e conta com 2.561 empresas, sendo 330 têxteis e 2.231 de confecção. As empresas geram 24.596 empregos formais, sendo 5.849 na indústria têxtil e 18.747 na confecção.

    Presente à cerimônia de inauguração, o secretário Aluísio Lessa destacou que o laboratório vai beneficiar toda a região, cuja produção têxtil é a atividade econômica majoritária: “O incremento das análises e pesquisas da UFPE vai oferecer ao setor têxtil a capacidade de produzir mais a um custo menor, levando a atividade para contribuir de maneira ainda mais significativa com o desenvolvimento do Agreste”, disse.

    O gestor reforçou a importância da integração entre os setores: “O Governo de Pernambuco busca atuar em convergência com a iniciativa privada e as instituições acadêmicas pautado no benefício para a sociedade. É com ações como a que estamos vendo aqui no Campus do Agreste, pautadas na unidade, que geramos impactos positivos em todos os setores e levamos desenvolvimento econômico e social para o estado”, ressaltou.

    Leia Mais
  • Secti participa da Conferência do Projeto INNOVAL-AL

    20 março 2019
    75 Views
    Comments are off for this post

    Ação acontece na sede da Sudene e conta com representantes da Romênia, Polônia e Hungria

    A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), participa até esta quarta-feira (20), da Conferência do Projeto INNOVAL-AL, na sede da Sudene, em Boa Viagem. A iniciativa, última ação do Projeto desenvolvido nos últimos 12 meses para a troca de experiências sobre políticas regionais com base na inovação entre o Brasil e a Europa, tem Pernambuco em destaque. Durante a abertura, na terça-feira (19), o secretário executivo, Leonildo Sales, esteve representando o secretário da pasta, Aluísio Lessa, que, na ocasião, estava participando de um evento com o governador do estado, Paulo Câmara.

    Na ocasião, além de apresentar a Estratégia de Ciência, Tecnologia e Inovação para os próximos cinco anos (2017-2022), Sales destacou o trabalho realizado nos municípios para o desenvolvimento regional e, no seu discurso, pediu que o Ministério de Desenvolvimento Regional tivesse sempre o cuidado de inserir os estados brasileiros nas discussões das polícias nacionais. “O desenvolvimento regional, quando moldado aos estados, fortalece a integração e, consequentemente, a ampliação das atividades desenvolvidas nos municípios”, finalizou ele.

    A ação teve durante a sua execução a parceria da União Europeia. O evento, que está acontecendo, tem por objetivo apoiar a disseminação e a troca de experiência entre o Pará e a Romênia, Paraná e Polônia, e Pernambuco e Hungria. “Pernambuco teve como foco a vitivinicultura da região do Vale do São Francisco. Além da troca de experiência na política de desenvolvimento regional, está em andamento o estabelecimento de projetos de cooperação entre as regiões”, destacou a diretora de Políticas e Articulação da Secti, Luciana Távora, ao apresentar todo o trabalho desenvolvido, em Pernambuco, para os presentes.

    Leia Mais
  • Aluísio Lessa é eleito presidente do conselho da FACEPE

    18 março 2019
    61 Views
    Comments are off for this post

    O secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa, foi eleito por aclamação presidente do conselho da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (FACEPE), durante reunião na sede da entidade, na tarde desta segunda-feira (18).

    Como líder do conselho, Aluísio terá a atribuição de definir as diretrizes e a política de atuação da fundação. O secretário falou da importância da instituição para o fomento das iniciativas em CT&I: “A Facepe é a grande incentivadora de Ciência, Tecnologia e Inovação em Pernambuco. Estar à frente do conselho da instituição ratifica a nossa missão de beneficiar a cada vez mais a sociedade com as ações voltadas para a área de atuação da nossa secretaria”, afirmou.

    Sobre a entidade

    A Facepe promove o desenvolvimento científico e tecnológico do estado, financiando atividades de formação de recursos humanos de alto nível ou projetos de pesquisa científica ou tecnológica desenvolvidos por instituições de pesquisa ou em empresas localizadas em Pernambuco.

    Leia Mais