Mais de 5 mil pessoas serão capacitadas em todas as regiões de desenvolvimento de Pernambuco

by Ailton Pedroza
3 meses ago
178 Views

Mais de 5 mil pessoas serão capacitadas em todas as regiões de desenvolvimento de Pernambuco

Cerca de 5.500 pernambucanos receberão uma formação pioneira, alinhada às demandas atuais e futuras do mercado, totalizando um investimento de R$ 2,6 milhões de reais

O Programa de Extensão Tecnológica (PET) da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), executado em parceria com a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe), divulgou na segunda-feira (30/08) a importante marca de 90 projetos aprovados no primeiro edital do programa, somando um investimento de R$ 2,6 milhões de reais para formação de capital humano qualificado. As capacitações do PET têm previsão de realização em setembro deste ano, e deverão beneficiar cerca de 5.500 jovens em todo estado de Pernambuco. Já os projetos de extensão tecnológicos, que serão desenvolvidos junto às empresas pernambucanas pelos professores e alunos bolsistas da IEs, serão realizados de outubro a dezembro de 2021.

Os projetos de formação estão alinhados com as necessidades do mercado. Para isso os projetos serão executados nas empresas parceiras, onde serão resolvidos problemas reais de cada setor participante e utilizando pelo menos uma tecnologia portadora de futuro, em atividades exigidas pelo mercado e complementares à grade curricular dos seus cursos.

“Estamos revolucionando o modelo de formação em larga escala para as habilidades de futuro, colocando estudantes em contato direto com desafios reais das empresas pernambucanas, aprendendo, na prática, a resolver problemas atuais e criar as soluções do amanhã”, destacou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lucas Ramos.

Os setores econômicos considerados nesta primeira chamada foram o Agronegócio e Laticínios; Biotecnologia e Saúde Digital; Comércio, Serviços e Turismo; Confecções e Moda; Construção Civil e Infraestrutura Urbana; Eletroeletrônicos; Metal Mecânica; Energia Renovável e Sustentabilidade; Gesso e Novos Materiais; Governo Digital e Inclusão Social; Indústria de Transformação; Logística e Portuária; Tecnologia e Informação e Comunicação. A lista completa dos projetos aprovados pode ser acessada neste link, ou no site da Facepe (www.facepe.br).

O PET é voltado para estudantes de graduação de Instituições de Ensino Superior (IES) de Pernambuco e de Ensino Técnico e Médio nas Escolas Técnicas Estaduais (ETEs) e Escolas de Referência de Ensino Médio (EREMs), juntamente com empresas das cadeias produtivas de maior participação no Produto Interno Bruto (PIB) do Estado.

Serão promovidas jornadas de extensão tecnológica de 4 meses de duração. A primeira etapa, com turmas de até 50 alunos, capacitará os estudantes em pelo menos uma tecnologia habilitadora de futuro. E em uma segunda etapa, até 10 estudantes serão selecionados para desenvolverem as atividades de extensão tecnológica nas empresas envolvidas, sob orientação de um professor. Os professores coordenadores receberão bolsas da Facepe no valor de R$ 2.200,00 por 4 meses e os alunos selecionados vão contar com auxílio de R$ 500,00 por 3 meses.