Secretário de CT&I, Lucas Ramos, apresenta políticas públicas inovadoras de Pernambuco no webinar Rede Cidade Digital

by Ailton Pedroza
2 semanas ago
114 Views

Secretário de CT&I, Lucas Ramos, apresenta políticas públicas inovadoras de Pernambuco no webinar Rede Cidade Digital

Na ocasião, ele irá falar sobre políticas públicas de tecnologia e inovação para as cidades

O secretário de CT&I, Lucas Ramos, participa na próxima terça-feira (30), do Webinar RCD, promovido pela Rede Cidade Digital. O evento, online, acontece às 10h, e conta com a participação de José Marinho, representando a entidade organizadora, e Valdireni Alves, da S. Clara Comunicação. Na ocasião, Ramos irá apresentar as políticas públicas de tecnologia e inovação desenvolvidas pela Secretaria da Ciência, Tecnologia & Inovação (Secti) para as cidades. As inscrições para participar podem ser feitas pelo seguinte endereço: www.sympla.com.br/rcd.

A Rede Cidade Digital é uma iniciativa de estímulo ao surgimento de localidades conectadas e eficientes. Realiza em parceria com Prefeituras e Associações de Municípios, eventos gratuitos para prefeitos, gestores e vereadores pelo Brasil, como forma de levar conhecimento sobre como utilizar as Tecnologias da Informação e Comunicação no aprimoramento dos serviços públicos nos pequenos e médios municípios. 

A Secti prioriza a estruturação de políticas públicas que tenham como objetivo beneficiar o Estado, do Sertão ao Cais. São exemplos de projetos com impacto descentralizado o Prouni-PE, a RePEPE e o DigitalPE, passando pela Usina Pernambucana de Inovação.

Vale lembrar que o Prouni-PE é destinado à concessão de bolsas de estudo do ensino superior para alunos de baixa renda vinculados a Instituições de Ensino Superior – IES. Ele tem por objetivo a formação de pessoas em nível superior, prioritariamente nos cursos de áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática, através da concessão de subsídio financeiro e do atendimento às demandas dos setores econômicos do Estado de Pernambuco, propiciando melhor qualificação de recursos humanos para a sociedade e inclusão social e laboral para os bolsistas. 

Já a RePEPE, tem o papel de beneficiar, em todo território de Pernambuco, centros de pesquisa e ensino e unidades de saúde. Através de um backbone (linha de transmissão) a RePEPE leva internet banda larga de alta performance (1 a 10 Gigabytes), chegando nos municípios pernambucanos. A rede tem potencial para alcançar mais de 400 entidades.

O diferencial do modelo de implantação da RePEPE está baseado em parcerias público-privadas voluntárias, propiciando, inclusive, a redução de custos e o compartilhamento de benefícios. O convênio conta com a parceria da Celpe e da RNP. 

Já a Usina Pernambucana de Inovação atua tanto no atendimento de demandas do Poder Público, quanto na prospecção e busca por servidores e instituições governamentais que atuem como multiplicadores, em uma jornada contínua de advocacy e de compartilhamento de conhecimentos em inovação.

Tendo uma gestão partilhada entre a Secti e Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) e outros oito órgãos, o objetivo do hub é tornar políticas públicas mais eficazes, e construir propostas que permitam o Poder Público ampliar a qualidade dos seus serviços e o volume de entregas que beneficiam a população de Pernambuco.

Com o trabalho desenvolvido já reconhecido, a Usina Pernambucana de Inovação é o mais novo Lab cadastrado no Observatório da Inovação no Setor Público, liderado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico – OCDE e voltado à formação, pesquisa, multiplicação e colaboração sobre soluções inovadoras na administração pública. 

Já o programa DigitalPE, em parceria com Porto Digital e ABDI, tem o aporte da Secti no valor de R$ 600 mil para financiar soluções em tecnologia que vão possibilitar a escalada das indústrias. 

A ideia é criar uma cultura de inovação aberta nas indústrias e construir uma ponte entre os ramos mais tradicionais da produção com empresas e startups que tenham a inovação tecnológica como sua principal característica. 

O programa também conta com a parceria da AD Diper, Sebrae, Softex, UFPE, Fiepe, Senai, e Secretaria de Desenvolvimento Econômico.