Banca avalia trabalhos da primeira turma de extensão tecnológica da UPE em parceria com Accenture e Google

by Ailton Pedroza
3 semanas ago
51 Views

O programa de extensão tecnológica (PET), coordenado pela Secti, garantiu aos participantes uma certificação pela Universidade de Pernambuco (UPE) e estágio na Accenture

Na tarde desta sexta-feira (05/02), em encontro virtual, foi realizada a banca de avaliação dos projetos da primeira turma do Programa de Extensão Tecnológica (PET) da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco ( Secti-PE), em parceria com a Universidade de Pernambuco (UPE), Accenture e Google, empresas multinacionais de tecnologia da informação.

Os 30 estudantes participantes do curso de extensão, foram divididos em grupos e receberam o desafio de solucionar problemas reais de empresas, através do uso da tecnologia Google Cloud Platform. Cada grupo deveria escolher um problema, e, a partir dele, desenvolver soluções reais, utilizando as ferramentas do Google, para apresentarem os desenhos das soluções e explicarem a aplicação da solução criada por eles.

O curso de extensão na área STEM+C (termo em inglês para designar Ciência, Tecnologia, Engenharia, Matemática e Computação) teve início em 11 de janeiro desse ano, e contou com uma imersão no ambiente da Accenture, com 30 horas de encontros virtuais, e mais 80 horas de conteúdo oficial do Google. A Accenture garantiu bolsas aos estudantes que se destacaram, com auxílio financeiro no valor de R$1.200,00, a título de estágio remunerado.

Para o gerente de ambientes de inovação da Secti, Alexandre Maciel, essa primeira turma de extensão, em parceria com setor privado, cria uma perspectiva de futuro para outras ações. “A ideia é que outras turmas de extensão tecnológicas sejam realizadas, com foco em outros setores econômicos, e em parceria com outras empresas”, explicou.