TV Pernambuco: Governo do Estado anuncia retomada das aulas não presenciais após o período antecipado do recesso escolar

by Ailton Pedroza
4 meses ago
811 Views

Aulas ao vivo do Educa-PE retornam nesta segunda-feira, 1º de junho. Além do YouTube, a iniciativa conta com a parceria da TV Pernambuco; Novidades marcam o reinício do ano letivo

Devido à pandemia, o Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Educação e Esportes, antecipou o recesso escolar do mês de julho da Rede Estadual. Com o fim do período, nesta sexta-feira (29), o órgão anuncia o reinício do ano letivo, através das aulas não presenciais do Educa-PE,  nesta segunda-feira, 1º de junho. A iniciativa, que consiste em aulas online no YouTube e na TV aberta, por meio da TV Pernambuco, e de outras emissoras parceiras (TVS Alepe, Nova Nordeste e Universitária) iniciou suas atividades no dia 06 de abril.

“O Governo de Pernambuco não poupou esforços para garantir o aprendizado aos alunos da rede estadual de ensino. Com o Educa-PE, a tecnologia atua para que o conteúdo que seria aplicado em sala de aula seja acessado de forma remota”, explicou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa. A TV Pernambuco, que é gerida pela  Empresa Pernambuco de Comunicação (EPC), vinculada a Secti, exibe as aulas diariamente.

“A educação é um dos pilares desta gestão e não seriam as restrições impostas pelo enfrentamento ao Coronavírus que trariam prejuízo aos estudantes. O Educa-PE é mais uma mostra do porquê de Pernambuco ter a melhor educação pública do Brasil”, completou Lessa.

Para esta retomada, a Secretaria de Educação e Esportes anunciou algumas novidades, incluindo o Facebook do Educa-PE como mais um canal de transmissão. Nesta segunda (1º), os estudantes já conferem também mudanças na grade de horários e na quantidade de aulas. As aulas do 9º ano do Ensino Fundamental Anos Finais sobem de horário e passam a ser exibidas a partir das 13h e, em seguida, entram no ar as aulas do Ensino Médio. Além disso, as aulas de 50 minutos serão divididas em duas de 25, contemplando dois componentes curriculares. “Esta foi uma forma que encontramos de dinamizar um pouco mais as aulas do Educa-PE. Serão dois componentes curriculares por turma que serão expostos em aulas e interatividade com o professor”, pontou o Secretário de Educação e Esportes de Pernambuco, Fred Amâncio.

Outra novidade é a oferta de cursos de formação de professores. “A formação de professor é uma ação que já faz parte do nosso planejamento anual. São atividades realizadas com todas as nossas dezesseis Gerências Regionais de Educação”, ressalta Amâncio. “Para esta nova realidade, que consistem em aulas não presenciais, escolhemos conteúdos que dialogam diretamente com o atual cenário e permitam o professor utilizá-los na preparação das suas aulas ou no manuseio da plataforma Educa-PE”, completa. Para o mês de junho estão sendo oferecidos 15 cursos, entre eles, Diante da câmera: videoaulas caseiras descomplicadas; Ferramentas Google; Liveboard: seu quadro branco interativo; e Gravação de videoaulas em casa: utilização de ferramentas mais avançadas.

O portal Educa-PE é mais uma iniciativa desta retomada. A partir de agora, os estudantes terão que acessar, antes das aulas, o portal (educape.educacaope.gov.br). Além de permitir o acesso aos links das aulas não presenciais, de acordo com o ano escolar de cada estudante, a plataforma disponibilizará atividades complementares aliadas aos conteúdos propostos pelos professores.

As aulas do Educa-PE são exibidas ao vivo, de segunda a sexta, das 13h às 17h. A transmissão acontece simultaneamente no canal do YouTube (@educa_pe), no Facebook (www.facebook.com/educapeoficial), na TV Pernambuco e nas demais emissoras parceiras (TV Alepe, TV Universitária e TV Nova Nordeste). As aulas ainda contam com horários alternativos na TV Nova Nordeste (23h às 2h) e na TV Universitária (8h às 11h).