Secti se prepara para usar o Sistema Eletrônico de Informações

by Ailton Pedroza
2 anos ago
646 Views

O uso do papel está com os dias contados na Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). Na manhã desta quarta-feira (30), a equipe da secretaria participou da primeira reunião de implementação do Sistema Eletrônico de Informações (SEI), ferramenta virtual que possibilita a produção, edição, assinatura e trâmite de documentos e processos dentro do próprio sistema. Após essa primeira reunião, uma equipe de multiplicadores fará um treinamento e a expectativa é que, a partir de agosto, todos os processos ocorram de forma eletrônica na Secti.

A gerente técnica da Agência de Tecnologia da Informação (ATI) e gestora da implantação do SEI em Pernambuco, Vanessa Freitas Candido, destaca que a ferramenta é simples e não oferece dificuldades técnicas. “A principal dificuldade é mesmo a mudança de paradigma. É não iniciar ou dar sequência a nenhum processo no papel”, destacou, reforçando a otimização dos serviços e de tempo, além da economia, proporcionada pela digitalização.

Instituído por meio da assinatura do governador Paulo Câmara ao Decreto Estadual 45. 157, de outubro de 2017, o SEI substituirá o Sistema Integrado de Gestão Pública do Governo de Pernambuco (Sigepe), que vem sendo utilizado no envio e recebimento de documentos, além do acompanhamento de processos entre os órgãos estaduais. A grande diferença é que, com o SEI, os documentos passam a ser criados dentro da ferramenta e não só incorporados ao sistema.

Alinhada a todo o processo de transição digital, a Secti já vinha trabalhando com a meta de reduzir a burocratização e digitalizar seu acervo em outros sistemas. Agora, a partir da data que será definida para a virada, os trâmites passarão a ser inteiramente eletrônicos.