• Prorrogadas as inscrições para o curso de Especialização em Neuroeducação e Primeira Infância

    17 fevereiro 2017
    786 Views
    Comments are off for this post

     

    Foi prorrogado até esta sexta-feira (03/03) as inscrições para o curso de Especialização em Neuroeducação e Primeira Infância promovido pela Universidade de Pernambuco (UPE) em parceria com o Centro Iberoamericano de Neurociência, Educação e Desenvolvimento Humano (CEREBRUM).

    Dirigido aos profissionais da educação, saúde e proteção social o curso tem como um dos objetivos oferecer aos participantes um conhecimento teórico e prático fundamentado nas mais recentes evidências neurocientíficas sobre o processo de desenvolvimento cerebral infantil, nos aportes da Psicologia para esta etapa crucial da vida do ser humano e em uma proposta educativa e de intervenção abordando as diversas dimensões e âmbitos.

    Com duração de dezoito meses, na modalidade à distância, o curso conta com uma estrutura de três módulos de aprendizagem com dez cursos no total. Cada curso terá vídeo-aulas, fóruns, chats, vídeos, leituras obrigatórias e complementares, entre outras atividades.

    Entre os assuntos abordados estão a Neuroeducação e primeira infância: mitos, desafios e oportunidades, introdução à Neuroeducação, os pilares da neuroeducação na primeira infância, entre outros.

    As aulas tem início no dia 19 de março com término previsto para 18 de agosto de 2017. Mais informações sobre as inscrições: (32)3082.6694 ou através do email infobrasil@cerebrum.la

    CEREBRUM – o Centro Iberoamericano de Neurociência, Educação e Desenvolvimento Humano – é uma empresa com presença educacional no Chile, Peru, Brasil e Colômbia. Possui mais de 14 anos de experiência trabalhando em estreita colaboração com a Associação para a Educação e para o Desenvolvimento Humano – ASEDH – e seu principal objetivo é contribuir para a melhoria da qualidade da educação e desenvolvimento humano através através da promoção, formação e aplicação das contribuições das Neurociências ao campo educativo e à promoção da Neuroeducação.

    Fonte: www.cerebrum.la

    Leia Mais
  • Itep participa de programa inovador para avaliação de alimentos orgânicos

    17 fevereiro 2017
    743 Views
    Comments are off for this post

    O Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep), através do Laboratório de Análise de Resíduos de Agrotóxicos e de Bebidas Alcoólicas (LabTox), será uma das instituições responsáveis pela realização de análises de resíduos de agrotóxicos em produtos orgânicos oferecidos em diferentes cidades do país. Trata-se do programa de avaliação e monitoramento da qualidade de produtos orgânicos colocados no mercado brasileiro, cujas amostras serão coletadas por fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em feiras e supermercados.

     

    Coordenado pelo Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste (Cetene), o programa foi elaborado pelos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Novação (MCT&I) e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em parceria com o Itep. O LabTox – ligado ao Núcleo Alimento Seguro e Sustentável do Itep – receberá, inicialmente, 320 amostras para avaliação.

     

    Com uma legislação recente – regulamentada em 2011 – os alimentos orgânicos no Brasil seguem o chamado “controle social para a venda direta sem certificação”, ou seja, se baseiam na confiança do produtor e não exigem a certificação do produto. A ideia do programa é contribuir para o controle dos orgânicos em circulação no mercado nacional. Os alimentos coletados passarão por análises para monitorar a presença de 200 compostos distintos.

     

    “Esperamos que o programa tenha sucesso, pois a atuação na área de controle dos alimentos orgânicos ainda é muito tímida. Também é importante a continuidade da ação para assegurar os benefícios alcançados”, aponta Adelia Araújo, gerente do Núcleo de Alimento Seguro e Sustentável do Itep.

     

    As primeiras amostras chegarão ao Itep na próxima semana, provenientes do Estado da Paraíba. Também integram o programa o Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS/Fiocruz-RJ), o Laboratório de Toxicologia da Universidade de Brasília (UnB), o Laboratório de Análises de Resíduos de Pesticidas da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), o Instituto Biológico de São Paulo (IB) e o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar).

     

    CONSUMO – O consumo de alimentos orgânicos no Brasil vem ganhando cada vez mais adeptos interessados em manter uma alimentação mais saudável e livre de agrotóxicos. Segundo dados da Organics Brasil, ligada à Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), o mercado vem crescendo a uma taxa de 25% ao ano desde 2009.

    Leia Mais
  • Itep realiza Oficina de Incubação nesta quinta-feira (16) para futuros empreendedores

    15 fevereiro 2017
    539 Views
    Comments are off for this post

     

    O Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep) vai promover, nesta quinta-feira (16), às 8h30, a Oficina de Desenvolvimento de Projetos para Incubação e reuniões de esclarecimentos básicos do programa de incubação de empresas para orientar os interessados a participarem do Programa de Incubação. A Oficina ocorrerá na sede do Itep, no Recife, e haverá transmissão on-line pelo site www.itep.br.

     

    Os interessados devem se dirigir à incubadora de seu interesse neste dia e horário. Na Incubatep, no Recife, serão disponibilizadas 16 vagas. Em Caruaru, na Itac, há uma vaga. Na Incubadora do Pajeú, são três vagas disponíveis; e na Invasf, em Petrolina, há quatro vagas para novos empreendimentos. De acordo com o Edital de Incubação 2017, disponível no site, o Itep está recebendo inscrições até o dia 20 de março.

     

    Os interessados devem apresentar seus projetos, em formulário on-line (http://www.itep.br/incubatepsis/), indicando para qual incubadora vai se candidatar. É preciso efetuar o pagamento de uma taxa de inscrição, no valor de R$ 30,00.

     

    Podem participar pessoas físicas ou jurídicas, que queiram incubar novos negócios (produtos ou serviços) de base tecnológica. Entre as novidades deste ano está a necessidade de os candidatos à incubação demonstrarem prova de conceito dos produtos ou serviços a serem desenvolvidos. Pode ser um modelo prático (não necessariamente um protótipo) ou um conjunto de razões técnicas que possibilitem o seu desenvolvimento como negócio, para provar o conceito (teórico) de desenvolvimento do produto ou serviço.

     

    São áreas de atuação e de maior interesse ao Programa de Incubação do Itep as correlacionadas com as tecnologias para a sustentabilidade ambiental e com as atividades fins dos Núcleos de Competências do Itep: Engenharia Sustentável, Engenharia e Operação de Redes, Energia sustentável, Sustentabilidade em Matrizes Ambientais, Alimento Seguro e Sustentável e Gestão Territorial Sustentável (incluindo Logística reversa), assim como propostas de soluções tecnológicas para os seguintes APLS ou cadeias produtivas prioritárias: Laticínios, Ovinocaprinocultura, Gesso, Vitivinicultura, Moda/têxteis, Apicultura e Aquicultura.

     

    APRESENTAÇÃO ORAL – Os projetos serão avaliados nos dias 22 e 23 de março. Nos dias seguintes, haverá apresentação dos trabalhos pelos responsáveis, nas sedes das incubadoras: nos dias 23 e 24, na Incubatep; no dia 27, na Itac; no dia 28, na Incubadora do Pajeú; e no dia 29, na Invasf. A divulgação do resultado ocorrerá a partir do dia 31 de março.

     

    Endereço das Incubadoras:

    Incubatep – sede do Itep – Av. Prof. Luiz Freire, 700 – Cidade Universitária

    Itac – Centro Tecnológico do Agreste – CT Moda – Av. Dalton Santos, 319, Bairro São Francisco, Caruaru – (81) 3701.1108

    Incubadora do Pajeú – Centro Tecnológico do Pajeú – CTP – Av. Custódio Conrado, nº 600, Bairro AABB, Serra Talhada – (87) 3831.9303

    Invasf – Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina – Facape – Campus Universitário, s/nº, Vila Eduardo – Petrolina

     

    Mais informações

    Gerência de Tecnologia e Empreendedorismo do Itep

    (81) 3183.4341

    Leia Mais
  • Novo espaço do Porto Digital abrigará a economia criativa

    14 fevereiro 2017
    898 Views
    Comments are off for this post

    A secretária estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lúcia Melo, participou nesta segunda-feira (13/02) ao lado do governador Paulo Câmara, da cerimônia de inauguração do novo espaço do Porto Digital no Bairro do Recife. Restaurado com recursos do Governo de Pernambuco e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), localizado no número 235 da rua do Apolo, o sobrado, com área de cerca de 1.500 m², reúne em um único ambiente as iniciativas de empreendedorismo, economia criativa e fabricação digital do parque tecnológico, buscando estimular as conexões entre empreendimentos inovadores.

    Na oportunidade, Lúcia Melo destacou o esforço comum, Governo do Estado e BNDES, “em mais um projeto ousado do Porto Digital”. Para ela, é necessário acelerar os novos modelos de fazer negócio e o desafio é aumentar a escala, favorecendo o processo de criação para que as empresas cresçam rápido. O novo prédio, neste sentido, favorece esse entendimento ao agregar todas as etapas de um projeto de inovação.

    “É uma proposta que traz e antecipa os desafios do futuro, das novas habilidades que são exigidas, dos novos modelos de fazer negócio, nas oportunidades que surgem e que vão surgir ainda mais se a gente tiver esse tipo de complexo que congrega as pessoas, os valores e as ideias”, pontuou.

    O Governador Paulo Câmara ressaltou a importância da parceria com o parque tecnológico no desenvolvimento do setor no Estado. “A gente fica muito orgulhoso de participar de momentos como esse que representam bem o potencial da economia do conhecimento, da economia criativa que o nosso Estado tem desenvolvido. E isso também tem sido um diferencial importante para Pernambuco. Estamos cada vez mais mostrando ao Brasil a força do nosso trabalho na educação, assim como na área de ciência, tecnologia e inovação”, declarou.

    Com aporte de R$ 1,1 milhão do Governo de Pernambuco e R$ 8,8 milhões do BNDES, o novo espaço do Porto Digital possui uma área de 1.500 metros quadrados (m²) e abriga um auditório com capacidade de até 100 pessoas, galeria de artes digitais com 90m², incubadora de startups com 85 pontos de coworking, design center com capacidade para 20 pessoas para atender até seis projetos simultâneos e uma sala de formação com capacidade para 20 pessoas. O L.O.U.Co, o Laboratório de Objetos Urbanos Conectados, espaço do Porto Digital para fabricação digital, internet das coisas (IoT) e impressão 3D também está instalado no novo prédio, ocupando uma área ainda maior.

    2017_02_13-inauguracao_portomidia_apolo235-web-3 2017_02_13-inauguracao_portomidia_apolo235-web-5 2017_02_13-inauguracao_portomidia_apolo235-web-6

    Localizado na esquina da Rua do Apolo com a Rua do Observatório, o novo imóvel do Porto Digital foi construído na primeira metade do século XIX e passou por décadas de abandono até ser adquirido pelo parque tecnológico, em 2011, com recursos do contrato de gestão com o governo do estado (R$ 1.160.000). As estruturas do prédio apresentavam alto grau de degradação e com risco iminente de desabamento. A partir de então foram iniciados os estudos preliminares que possibilitaram a obra de restauro, com recursos do BNDES (R$ 8.840.850).

    O processo de restauro e reforma possibilitou que a edificação, originalmente com 571m² se transformasse em um imóvel de três pavimentos, com dois mezaninos e área de 1.495m². A obra foi dividida em duas etapas. Na primeira, realizada em nove meses, entre julho de 2014 e abril de 2015, foram restauradas as fachadas, esquadrias, gradis e cobertas. A segunda fase, com duração de 15 meses, entre outubro de 2015 e janeiro de 2017, compreendeu as construções internas, instalações hidráulicas, elétricas e de rede, equipamentos e mobiliário. Foram gerados mais de 200 empregos diretos e cerca de 600 indiretos na obra.

    Participaram da inauguração, além do Governador Paulo Câmara e da secretária Lúcia Melo, o presidente do Porto Digital, Francisco Saboya, a secretária estadual da Mulher, Silvia Cordeiro; o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, o presidente da Agência Estadual de Tecnologia da Informação (ATI), Romero Wanderley Guimarães; o cônsul-geral da Argentina, Jaime Besserman, além dos deputados Waldemar Borges (estadual), Betinho Gomes (federal), Luciana Santos (federal) e Daniel coelho (federal).

    Leia Mais
  • Espaço Ciência bate recorde de visitantes em janeiro: mais 12 mil pessoas

    10 fevereiro 2017
    596 Views
    Comments are off for this post

    A programação de férias do Espaço Ciência bateu recorde de público no mês de janeiro. 12.025 visitantes participaram das oficinas ou vieram curtir o Museu. O público é recorde neste período: antes disso, o maior número de visitas durante meses de férias ocorreu em julho de 2011, com 10.845 pessoas. No ano passado, foram 5.990 visitantes em janeiro e 8.692, em julho.

    Para a gerente de Visitas do Espaço Ciência, Claudiane Santos, é um crescimento significativo. “Vale ressaltar que este é um público espontâneo. Há meses em que recebemos um número maior de pessoas, mas trazidas por escolas ou instituições. Nas férias, são famílias que vem por conta própria. O crescimento destas visitas reflete o reconhecimento de nosso trabalho”, diz.

    Durante as férias, o Espaço Ciência ofereceu aos visitantes, além das exposições e experimentos permanentes, 23 opções de oficinas. Gincanas, arvorismo, jogos matemáticos, origami, xadrez, Show da Química, construção de pipas, robótica,  jogos digitais… essas foram algumas das atividades que encantaram jovens, crianças e adultos.

    A secretária executiva do Espaço Ciência, Maria Remesal, lembra aos visitantes que o museu é aberto nos finais de semana, no horário da tarde: das 13:30h às 17h. “As férias acabaram, mas o Espaço Ciência continua sendo uma opção de lazer garantida para as famílias no final de semana”.

    Leia Mais