• Especialistas apontam propostas para o avanço da manufatura avança no Brasil

    30 novembro 2016
    850 Views
    Comments are off for this post

    Foto: Divulgação CNPQ

    A Secretária Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lúcia Melo, participou nesta terça-feira (29/12), em Brasília, do Seminário “Perspectivas de Especialistas Brasileiros sobre Oportunidades e Desafios para a Manufatura Avançada no Brasil”, promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC e o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços – MDIC. No seminário foram apresentados os resultados dos workshops realizados em sete capitais, entre elas Recife, com vistas à elaboração da Política Nacional de Manufatura Avançada.

    Os workshops, que foram realizados nas cidades de Brasília, Belo Horizonte, São Paulo, Florianópolis, Recife, Salvador e Rio de Janeiro, contaram com a participação de cerca de 300 especialistas de empresas, ICTs e Governo. Nesses eventos foram debatidos e sugeridas propostas em temas fundamentais para o avanço da manufatura avançada no Brasil: Regulação, Infraestrutura, Cadeias Produtivas, Recursos Humanos e Tecnologia.

    Confira aqui os relatórios dos seminários.

     

    capa

     

     

    Leia Mais
  • Parqtel prorroga chamadas públicas para Incubação de projetos de inovação tecnológica

    24 novembro 2016
    496 Views
    Comments are off for this post

    O Centro de Gestão Tecnológica e Administrativa (CGTA) do Parqtel informa que foi prorrogado o prazo para submissão de projetos de inovação tecnológica. Os projetos podem ser submetidos até às 17h do dia 02 de fevereiro de 2017. O edital está disponível, no portal de licitações do Governo de Pernambuco e pode ser acessado neste link:

    A chamada pública 03/2016 vai selecionar PROJETOS para o Programa Incubadora PARQTEL de Projetos de Inovação Tecnológica (INBARCATEL). Podem participar do processo de seleção empresas públicas e privadas, associações sem fins lucrativos, institutos de ciência e tecnologia. Demais instituições brasileiras congêneres, devem ter foco no desenvolvimento de produtos e soluções inovadoras, estimulando práticas de inovação colaborativa, cujos produtos e soluções inovadoras resultantes visem apresentar potencialidade para dinamizar indústrias pernambucanas e aumentar sua competitividade ou apontar para oportunidades reais de inserção em mercados.

    Os PROJETOS selecionados serão desenvolvidos em um ambiente com suporte a serviços tecnológicos, como prototipação e ensaios de conformidade, devendo observar as normas, procedimentos e prescrições deste edital.
    Serão priorizados projetos que estejam alinhados com as áreas estratégicas do PARQTEL:

    a) Eletroeletrônicos;
    b) Desenvolvimento de sistemas embarcados;
    c) Equipamentos e soluções para setor automotivo;
    d) Geração e armazenamento de energias renováveis;
    e) Design e Modelagem de novos produtos resultantes de convergência dos setores de eletrônica, mecânica, Tecnologia, Informação e Comunicação – TIC e design;
    f) Automação de Processos Industriais na área de Eletroeletrônica e Metal Mecânica; Desenvolvimento e teste de equipamentos de telecomunicações;
    g) Desenvolvimento e teste de equipamentos médico-hospitalares, próteses e órteses.

    Leia Mais
  • 22ª Ciência Jovem reúne estudantes de todo país no Bairro do Recife

    9 novembro 2016
    543 Views
    Comments are off for this post

    Começou nesta quarta-feira (09/11) e prossegue até a sexta (10/11), no Shopping Paço Alfândega, no bairro do Recife, a 22ª Ciência Jovem, uma das três maiores feiras de ciência do país. Promovida pelo Espaço Ciência, museu de ciência vinculado à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), a feira reúne 270 trabalhos desenvolvidos por estudantes de todo o país, além da participação de alunos do México e Paraguai.

    Na abertura, a Secretária Lúcia Melo destacou o fato da feira neste ano está sendo realizada no bairro do Recife, “um lugar muito especial de tecnologia e inovação”. Nesta edição, os estudantes terão a oportunidade de conhecer os ambientes de tecnologia existentes no bairro, como o Porto Digital, C.E.S.A.R e Centro de Pesquisa da Fiat.

    A participação da rede pública estadual de ensino também é destaque. Neste ano são 97 trabalhos em exposição. A expectativa é repetir o mesmo sucesso do ano anterior, em que o projeto apresentado pelos alunos da Escola de Referência em Ensino Médio Desembargador Renato Fonseca, de Jardim Brasil I, conquistou o primeiro lugar na categoria ‘Incentivo à Pesquisa’ e foram representar Pernambuco na Feira Internacional de Ciências, que aconteceu em março deste ano na cidade de Tampico, no México.

    Dividida em cinco categorias, a feira premiará alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Educação especial, além de estudantes de escolas estrangeiras. A entrada é gratuita e a expectativa é atrair cerca de 10 mil pessoas nos três dias da feira.

    Confira aqui a galeria de fotos do 1º dia da 22º Ciência Jovem

    Leia Mais
  • Pernambuco, Pará e Paraná compartilham experiências de conectividade em Fórum da RNP

    8 novembro 2016
    613 Views
    Comments are off for this post

    As experiências estaduais para expansão da rede de ensino e pesquisa foram apresentadas no primeiro dia do Fórum RNP Consecti 2016, com os casos de Pernambuco, Pará e Paraná, moderados pelo diretor de Engenharia e Operações da RNP, Eduardo Grizendi.

    A secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco (Setec/PE), Lucia Melo, destacou “a educação é uma das prioridades do governo. (…) Temos um dos principais parques tecnológicos do Brasil e todo um ambiente, capitaneado pelo Porto Digital e pelo Centro Tecnológico da UFPE. Recebemos o primeiro Ponto de Presença (PoP) da RNP no Norte e Nordeste. Podemos explorar essa liderança e fazer com que ela seja expandida”.

    Por isso, o estado está lançando a iniciativa GigaLéguas, para trabalhar a infraestrutura de redes com o apoio de parceiros. “Procuramos a Companhia Energética de Pernambuco, a Celpe, que tem presença em todo estado, com postes implantados, e estamos desenhando uma parceria entre governo, RNP e provedores privados. Até o final de 2017, nossa expectativa é ter 250 escolas conectadas”, revelou Lucia.

    O ambiente propício a parcerias difere da conjuntura do Norte do país. Foi o que apresentou o presidente da empresa Processamento de Dados do Pará (Prodepa), Theo Pires. “Em relação à realidade brasileira e mundial de telecomunicações, temos um estado com 8 milhões de habitantes com desafios continentais de travessia de Floresta Amazônica e de rios. Isso contrasta com o Brasil e, por essa realidade, temos a obrigação de atender o estado a custos razoáveis. No Pará, os provedores não têm interesse de fazer conexões fora da capital nem as empresas, mesmo com marcos regulatórios da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), conseguem chegar a todos os municípios”, relatou.

    Por esse motivo, Pires defendeu a necessidade de aportar cada vez mais recursos, “para que todo mundo possa se beneficiar da esfera pública, sobretudo a área de ensino e pesquisa. Isso é importante para atendermos a ponta, a pessoa que está na floresta, com link de qualidade. Essa é a única forma de transformar o nosso país.

    Uma lição que o Paraná tem seguido à risca, tendo conquistado um orçamento de quase R$ 3 bilhões para a área de CTI. De acordo com o secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do estado (SETI-PR), João Carlos Gomes, tudo isso é fruto de “um esforço muito grande”.

    “Nas nossas sete universidades públicas, temos 92 mil alunos matriculados. Só perdemos para São Paulo, mas, na proporção, o superamos, já que temos, apenas, 11 milhões de habitantes. O ensino superior no Paraná é política de estado. (…) Mas não basta termos rede, temos que trabalhar em rede”, garantiu.

    Nesse sentido, o secretário adiantou que está sendo implantado um Parque Tecnológico Virtual no Paraná, com oito polos espalhados pelo estado. “A partir de sexta-feira, todo ativo de equipamentos e laboratórios virtuais ficarão à disposição da sociedade. Cada polo, terá pontos presenciais também para atendimento à sociedade”, anunciou.

    Matéria publicada no site: forum.rnp.br

    Leia Mais
  • Artigo de aluno da UPE é destaque em evento internacional

    7 novembro 2016
    481 Views
    Comments are off for this post
    Foto: Reprodução do site do evento.
    Intitulado “A Rede Óptica do Haiti usando uma Abordagem Evolutiva Multi-Objetiva” o artigo do aluno Dupleix Vital, do Programa de Pós-Graduação de Engenharia de Sistemas da UPE, foi premiado como melhor artigo da Conferência Latino-Americana de Inteligência Computacional realizado em Cartagena das Índias, na Colômbia, entre os dias 02 e 04 de novembro.

    O artigo contou com a participação do co-autor Prof. Carmelo Bastos Filho (membro permanente dos programas de pós-graduação em Engenharia de Sistemas e em Engenharia da Computação da UPE e Cientista Chefe do Parqtel), e do co-orientador Danilo Araújo (colaborador do programa de Engenharia de Sistemas da UPE).

    O artigo apresenta os primeiros resultados de um esforço conjunto para gerar um projeto de rede de alta capacidade usando fibras ópticas no Haiti para poder proporcionar serviços de telecomunicações banda larga. O tema do projeto se apresenta como extremamente relevante, uma vez que somente 10,4% da população do Haiti tem acesso à Internet e 0,2% da população tem acesso banda larga no celular.

    Leia Mais