• Parqtel recebe projetos para incubação e operacionaliza Centro de Usinagem

    30 setembro 2016
    505 Views
    Comments are off for this post

    A transformação do Parque Tecnológico de Eletroeletrônicos e Tecnologia Associada – Parqtel – num centro de referência da manufatura avançada no estado começou a se tornar realidade nesta sexta-feira (30/9) com a assinatura, pela Secretária Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lúcia Melo, dos primeiros contratos para incubação de projetos e da operacionalização do Centro de Usinagem para prototipagem mecânica industrial.

     

    Já a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE) divulgou os cinco projetos contemplados pelo edital 09/2016 – “PARQTEL – Manufatura Avançada” totalizando quase R$ 1 milhão em investimento para pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica.  A contratação das propostas aprovadas ocorrerá a partir de dezembro de 2016.

     

    O anúncio das primeiras instituições que desenvolverão projetos de inovação no Parqtel, resultado dos editais lançados em julho pela Secti, e assinatura dos respectivos contratos, aconteceu na abertura do Momento Parqtel, encontro que reuniu profissionais do setor, professores e estudantes das principais universidades do estado, para debater o futuro da indústria eletroeletrônica, avanços na manufatura avançada e oportunidades de financiamento para pesquisa e desenvolvimento de produtos e processos.

     

    “Hoje é dia especial, um marco no projeto de requalificação do Parqtel”, comemorou a Secretária Lúcia ao assinar os contratos, lembrando que, desde o início da sua gestão à frente da Secti, uma das metas era recuperar o parque tecnológico. “O contrato que assinamos com a Associação das Empresas do Parqtel, para utilização do Centro de Usinagem, é uma inovação institucional importante, contemplada no novo Marco Legal de CTI. Uma gestão público/privada, de forma moderna e simplificada, que será referência para o Brasil”, disse.

     

     

    Centro de Usinagem – A Associação das Empresas do Parqtel ficará responsável pela operacionalização e execução das atividades de prestação de serviço de Prototipagem Mecânica (PSPM), através da permissão de uso do Centro de Usinagem modelo ROMI –D800, de acordo com contrato assinado pela Secretária Lúcia Melo. O Centro entrará em operação até março de 2017.

     

    A Associação, que foi selecionada através da Chamada Pública 001/2006, será responsável pelo uso do equipamento e pelos custos operacionais, podendo cobrar dos usuários o custo de produção fixado no valor máximo de R$116,11 (cento e dezesseis reais e onze centavos) por hora do serviço de usinagem. Por meio do Centro de Usinagem serão oferecidos serviços de prototipagem mecânica para indústrias, empresas, institutos de ciência e tecnologia e instituições de Serviço e Pesquisa. Também pessoas físicas poderão usar os serviços de prototipagem.

     

    Inbarcatel – A Fundação para Inovações Tecnológicas (FITEC) e o Centro de Gestão de Tecnologia e Inovação (CGTI) são as primeiras instituições selecionadas para a Inbarcatel, Incubadora de Projetos de Inovação Tecnológica do Parqtel.  O espaço criado para acolher projetos de pesquisas com foco no desenvolvimento de produtos e soluções inovadoras com potencialidades para dinamizar indústrias pernambucanas e aumentar sua competitividade.

     

    Os projetos selecionados se encontram alinhados com as áreas estratégicas do Parqtel. A FITEC vai desenvolver uma plataforma inteligente para automação de testes na indústria 4.0, visando suportar a crescente complexidade dos testes em função do alto grau de personalização dos produtos no contexto da Manufatura Avançado. Já o projeto do CGTI vai produzir três unidades Cabeça de Série do sistema híbrido de tratamento de águas oleosas e implantá-los em empresa com demanda para esses tipos de produção.

     

    As instituições embarcadas disponibilizarão de sala com 25m² no Centro de Gestão Tecnológica e Administrativa do PARQTEL (CGTA), com pontos de energia, telefonia, conexão com Internet e móveis necessários ao desenvolvimento dos projetos, além de outros serviços.

    Leia Mais
  • Escola de Aplicação da UPE é destaque no IDEPE

    28 setembro 2016
    810 Views
    Comments are off for this post

    Foto: Edmar Melo / SEI

    A Escola de Aplicação do Recife, ligada à Universidade de Pernambuco (UPE), foi destaque na premiação dos gestores, professores e estudantes da Rede Estadual que mais se destacaram no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de Pernambuco (IDEPE) no ano de 2015. Ela tirou o primeiro lugar nos anos finais do Ensino Fundamental, com índice de 7,96, obtendo com isso o segundo melhor resultado geral. A entrega do prêmio aconteceu nesta terça-feira (27/9), em cerimônia comandada pelo Governador Paulo Câmara, no Palácio do Campo das Princesas.

    A Secretária Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lúcia Melo, e o Reitor da UPE, Pedro Falcão, também participaram da entrega do prêmio. Seis municípios, dez escolas e três gerências regionais obtiveram os melhores resultados nos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio.  A nota média do IDEPE para 2015 foi de 3,9, se igualando ao índice nacional, o IDEB, divulgado pelo Ministério da Educação.

    “O resultado do IDEPE é muito importante porque ele faz a avaliação de todas as escolas do Estado. Há um acompanhamento detalhado e intensivo, diferente do IDEB que é uma avaliação mais geral. E ambos mostraram os mesmo resultados: que estamos avançando e superando, a cada ano, os índices alcançados na educação”, pontuou o Governador Paulo Câmara. O gestor afirmou ainda que é preciso dar continuidade ao trabalho realizado com o mesmo empenho e determinação dos últimos anos. “O Governo não vai se acomodar com os resultados conquistados até agora. Ainda há muito o que ser feito e nós vamos continuar trabalhando juntos para superar os desafios e ter condições de melhorar cada vez mais a qualidade do ensino em todo o Estado. A nota que recebemos é satisfatória, mas não é a que queremos para as próximas gerações”, frisou.

    IDEPE – Realizado anualmente, o ranking do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de Pernambuco acompanha o desempenho da educação pública no Estado e considera dois critérios, os mesmos usados para o cálculo do índice nacional (IDEB). São eles: fluxo escolar e proficiência dos estudantes do Ensino Fundamental (anos iniciais e finais) e do Ensino Médio.

     

     

    Leia Mais
  • Porto Digital abre chamada para novos negócios inovadores

    27 setembro 2016
    541 Views
    Comments are off for this post
    Parque tecnológico vai recrutar até 15 startups de TIC e Economia Criativa para participar de ciclo de incubação
     
    Estão abertas as inscrições da Chamada de Novos Negócios Inovadores do Porto Digital. O processo seletivo tem como objetivo trazer startups, projetos de negócios, empreendimentos criativos e empresas nascentes para o novo ciclo de incubação do parque tecnológico. As inscrições estão abertas até o final de outubro (o formulário de inscrição e o texto da chamada estão disponíveis em www.portodigital.org) e após a seleção, até 15 empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TICs) e economia criativa serão incubadas por um período de um ano.
    O público alvo da chamada são startups e empreendimentos criativos, com ou sem faturamento, desde que apresentem ao menos uma versão simples e operacional do produto. A partir do perfil das empresas, elas serão encaminhadas para a C.A.I.S do Porto, que receberá empreendedores de TIC, ou a incubadora Portomídia, que abarca empreendimentos de Economia Criativa (com foco nas áreas de cine-vídeo-animação, games, design, música e fotografia).
    Além do espaço físico com infraestrutura de trabalho ready to use, os incubados também receberão mentoria, treinamento, consultoria tecnológica e de negócios, além de apoio à participação em eventos e networking com potenciais clientes e investidores. As startups deste ciclo de incubação também terão acesso a infraestruturas de apoio do Porto Digital: espaços de coworking, laboratórios, salas de treinamento e de reunião, auditórios e showrooms, bem como a uma série de projetos que poderão ser acessados pelos empreendimentos selecionados em condições diferenciadas ou gratuitas.
    A taxa de incubação é de R$ 200 mensais para cada empreendedor participante da empresa – cada empresa precisa ter o número mínimo de dois sócios. “Reformulamos todo o processo de incubação para torná-lo ainda mais atrativo para as empresas que necessitam de apoio para empreender: além de diminuirmos o ciclo de 18 para 12 meses, também flexibilizamos as taxas de participação por constatarmos que a necessidade de espaço e estrutura é um dos principais gargalos para as startups. Vai sair mais barato ser incubado pelo Porto Digital do que alugar espaço num coworking, por exemplo”, explica André Araújo, gerente de empreendedorismo do Porto Digital.
     
    Seleção e Cronograma – Os empreendedores interessados em incubar no Porto Digital devem fazer sua inscrição até o dia 30 de outubro. A seleção terá duas fases: na primeira, além de preencher o formulário eletrônico, os proponentes também devem enviar um vídeo de até três minutos com informações a empresa (modelo de negócios, detalhes sobre os produtos e serviços, qual o problema que a startup pretende resolver, dentre outros pontos devidamente detalhados num dos anexos da chamada).
    Até 20 empreendimentos serão chamados para a próxima etapa, no dia 11 de novembro, na qual os candidatos farão a defesa oral de seus projetos. As empresas selecionadas serão conhecidas no dia 14 de novembro e o processo de contratação será finalizado até o meio de dezembro. O programa de incubação terá início no dia 9 de janeiro de 2017.
     
    Serviço:
    Chamada de Novos Negócios Inovadores do Porto Digital
    Formulário eletrônico e texto da chamada: www.portodigital.org
    Inscrições: até 30/10
    Divulgação das propostas selecionadas: 04/11
    Entrevistas presenciais: 11/11
    Divulgação do resultado final: 14/11
    Contratação das empreaas: entre 14/11 e 16/12
    Início do programa de incubação: 09/01/17
    Leia Mais
  • Parqtel realiza encontro com profissionais, pesquisadores e estudantes da área de eletroeletrônica e tecnologias associadas

    26 setembro 2016
    704 Views
    Comments are off for this post

    Parqtel realiza encontro com profissionais, pesquisadores
    e estudantes da área de eletroeletrônica e tecnologias associadas

    O Centro de Gestão do Parque Tecnológico de Eletroeletrônicos e Tecnologia Associada (Parqtel) realizará no dia 30 de setembro, a partir das 8h30,o Momento Parqtel. O evento é um encontro com profissionais do setor para debater o futuro da indústria eletroeletrônica, avanços na manufatura avançada e oportunidades de financiamento para pesquisa e desenvolvimento de produtos e processos. Esta a primeira iniciativa de uma série de atividades do Parqtel com o objetivo de dar maior visibilidade para o setor de eletroeletrônica e tecnologia associadas.

    O seminário vai contar com palestra da professora Anu Gokhale, coordenadora do programa de tecnologia de sistemas computacionais na Universidade Estadual de Illinois (USA), temporariamente locada na Universidade de Pernambuco pelo Programa Cátedra Fulbright promovido pela FACEPE. A Dra. Gokhale lidera diversos projetos nos Estados unidos e na Índia nas áreas de TIC, mineração de dados educacionais e educação nas áreas de STEM (do inglês – science, technology, engineering and mathematics). Após a palestra internacional haverá apresentação sobre oportunidades de financiamento e no período da tarde será ministrado um minicurso sobre Manufatura Avançada. Em paralelo, representantes de organizações acadêmicas e de fomento estarão presentes apresentando oportunidades em suas respectivas áreas.

    O evento tem como público alvo empresas e indústrias de tecnologia, institutos de ciência e tecnologia, startups e universidades. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas neste link.

    Programação completa:

    programação mini cv momento PARQTEL-01

     

    Leia Mais
  • Pernambuco inova e lança o primeiro curso de automação industrial com realidade virtual do mundo

    23 setembro 2016
    1016 Views
    Comments are off for this post

     

    A Fundação de Amparo a Ciência e Tecnologia do Estado (FACEPE), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Pernambuco (SEBRAE) apoiaram a criação do primeiro curso “gameficado” de automação industrial na prática do mundo. Com uma fábrica virtual em ambiente 3D, o aluno enfrenta desafios e vivencia situações reais da indústria que irão prepará-lo para o mercado de trabalho.

    O curso é oferecido pela Mekatronik, em parceria com a Fast Soluções, no idioma português e breve será lançado em espanhol e inglês. A empresa construiu uma plataforma virtual onde o aluno é tratado como se estivesse em uma indústria e, semanalmente, recebe demandas de desenvolvimento de projetos e resolução de problemas em máquinas. O nível de dificuldade dos desafios aumenta à medida em que o aluno progride, automatizando diferentes máquinas e processos, modelando sistemas, interpretando diagramas elétricos, desenvolvendo softwares de CLPs, implementando melhorias, entre outros.

    Podem participar estudantes de curso técnico, superior e profissionais da área de automação, elétrica, eletrônica, mecânica e produção. A duração é de quatro meses e, ao final do curso, o aluno recebe o certificado de participação que contempla os projetos que ele desenvolveu e as competências que adquiriu, além de um link online para anexar no currículo. A Mekatronik oferece uma promoção de lançamento e os interessados podem se registrar através do link: http://www.automacaoindustrialnapratica.com.

    Outras informações: O curso online já tem alunos em todo o Brasil, além das parcerias com a POLI/UPE, a UFPE e o SENAI/PE que apoiam essa inovação e utilizam a plataforma em disciplinas dos seus cursos na área de automação.

    Leia Mais